Entrevista com..... Márcia Ladeira

06:00

Costuma-se dizer "ano novo, vida nova". E por isso mesmo eu e a Tania resolvemos criar uma nova rubrica aqui no blog. Vamos ter várias entrevistas a bloggers e youtubers para dar a conhecer outros blogs, outras perspectivas. Esta rubrica vai sair todas as quartas-feiras (salvo se não nos for possivel). 

E a primeira blogger a dar-nos uma entrevista é a Mácia Ladeira, dona do blog "Às Bolinhas Amarelas" e do canal no youtube com o mesmo nome.

Conheci a Márcia e o seu blog através da Tania que já seguia e numa publicação que a Tania partilhou comigo no instagram que a Márcia publicou da bela "Praia das Rocas" (praia da minha terrinha). Resolvi ir cuscar o blog e o canal e adorei. Uma pessoa muito querida, espontânea e divertida.



Nome: Márcia Ladeira
Idade: 28 anos
Nome do blog: Às Bolinhas Amarelas

Podes falar-nos um bocadinho sobre ti?

Ora, falar sobre mim… Esta é difícil… Olha, sou uma ganda maluca sem cura possível! Ahahahahah que é que eu posso dizer sobre mim? Estudo psicologia, sou pasteleira, sou blogger e youtuber e além de tudo isto sou mãe também. Para ter tempo para ser isto tudo só mesmo sendo muito maluca, às vezes sinto-me uma revisora no meu próprio comboio a certificar-me que as carruagens e o conteúdo está tudo ok e quando não está, lá descarrila uma carruagem ou duas até endireitar a que já está fora dos eixos.
Sou alguém com um feitio especial (para não dizer que tenho mau feitio ahahahahah), agora a sério, eu sou uma pessoa especial, às vezes acho que sou de outro planeta, as pessoas ou me odeiam ou me amam, não dá para ser meio termo. Não sou daquelas que diz ou faz alguma coisa para agradar, se eu não gosto digo que não gosto na cara da pessoa, e talvez seja esta sinceridade e frontalidade, às vezes um pouco agressiva, que me torna tão peculiar. Uma grande qualidade minha é pegar nas situações mais chatas e fazer humor negro com elas, a sério, experimentem fazer isto e a vida corre-vos melhor.
Há quem diga que tenho um mau feitio, mas com um coração enorme onde cabe este mundo e mais outro tanto, eu não sou tão radical e digo que sou só alguém com defeitos e qualidades a tentar fazer a diferença neste mundo, e já tenho trabalho para uma vida inteira! 

O que é que te incentivou a ser bloguer/youtuber? Qual foi a tua inspiração?
O meu blog tem uma história muito bonita, daí ser algo muito especial para mim. Na altura em que criei o blog começou por ser uma coisa para partilhar com amigos e familiares mais próximos, mesmo estando aberto ao público, foi numa altura em que tinha acabado de ter o meu segundo filho, fruto de uma relação bastante tóxica e destrutiva em que não sobrou nada da minha auto-estima. Eu nunca me interessei por beleza, nem por maquilhagem nem nada dessas coisas, mas como passava muito tempo em casa, e com medo de entrar em depressão pós-parto como já tinha acontecido após o parto do meu primeiro filho, comecei a assistir a youtubers brasileiras e a ler outros blogs que falassem de tudo um pouco. Foi aí que comecei a despertar para outros interesses, a querer explorar um lado meu que até então era desconhecido. Criei primeiro o blog onde comecei a falar sobre a maternidade, sobre coisas que ninguém tem coragem para dizer, depois alarguei os assuntos e comecei a testar produtos de beleza e maquilhagem.
Daí a criar um canal no youtube foi coisa de 2 meses. Já lá vai 1 ano. Sou uma blogger e youtuber pequenina mas o objetivo nunca foi ser famosa mas sim partilhar as minhas vivências, as minhas experiências, aquilo que vou aprendendo com outras pessoas que possam estar mais em baixo, a precisar de uma distração, ou a precisar de uma motivação do género “se eu estou aqui e consegui, tu também consegues”.
Quando criaste o teu blog/canal no YouTube?
Criei o meu blog em outubro de 2015 e o canal do youtube foi em dezembro do mesmo ano.
De onde surgiu o nome do blog/canal?

Pahahahahah só de me lembrar já me rio! Quando ainda não tinha visualizações e era uma coisa mais “privada” eu tinha dado o nome de Cinderelazices, mas com o tempo fui ficando insatisfeita com o nome até porque comecei a ter algumas visualizações de outros blogs que comecei a visitar, então resolvi trocar para “Às Bolinhas Amarelas” por causa da música “era um biquíni às bolinhas amarelas”, na descrição do meu canal do youtube até escrevi “afinal não é um biquíni, diz que é um blog”.
Fala-nos um pouco sobre o teu dia a dia enquanto bloguer/youtuber. Tens o blog como trabalho, hobbie, ou os dois?
O primeiro ano do blog e do canal foi um ano cheio de altos e baixos porque comecei por ser assídua mas depois fui tendo “crises” em que fiquei ausente porque entretanto tive um problema grave de saúde, um tumor no ouvido, e então andei muito limitada e emocionalmente desgastada. Mas foi 1 ano em que vivi praticamente para o blog e o canal, além da maternidade visto que parei a faculdade e fiquei em casa o primeiro ano de vida do meu filho mais novo.
Hoje já voltei à faculdade, já tenho que organizar a agenda de modo a estar presente em todo o lado, ou seja, é um hobbie que levo muito a sério mesmo não ganhando dinheiro com isso. Não é só o dinheiro que recompensa, as pessoas a quem chego também são uma ótima recompensa. É gratificante quando me agradecem por estar ali porque, muitas vezes, sou a única companhia dessas pessoas.
O meu dia-a-dia neste momento anda em alvoroço porque estou em época de me preparar para os exames finais do semestre, então não tenho dia nem hora certa para aparecer, faço uma ou duas publicações semanais no blog e um vídeo semanal no canal, para já é o que posso dar, mas, entretanto, vão haver mudanças.
E os comentários? Lês todos?
Todos, não falho nenhum e respondo sempre. No blog demoro sempre uns dias, não muitos, mas respondo sempre. É o mínimo que devo ter por quem me segue, por quem está ali pra mim: respeito.
Tens novos projetos em mente? O que podemos esperar no futuro do teu blog/canal?
Eu já ando a preparar algumas coisas há uns 3 meses. Uma das coisas que quero fazer é falar sobre assuntos variados sem ser de beleza, maquilhagem e compras. Pretendo abranger outros assuntos, dar a minha opinião pessoal, aproveitar o facto de estar a estudar psicologia e levar mais informação às pessoas.
Pretendo dinamizar bastante o blog e trazer mais conteúdo variado para o canal, por isso aguardem!
Que dicas ou conselhos gostarias de partilhar com outras pessoas que pretendem criar um blog/canal?
O maior conselho que posso dar é: sejam vocês próprias com verdade. Se vocês vão criar um blog ou canal com o intuito de serem famosas, ganharem dinheiro a todo o custo, não acredito que vá correr bem porque vai chegar a um ponto em que não se vão sentir plenas com o que estão a fazer, vão começar a sentir a pressão da obrigação de dizerem coisas que não sentem. O blog e o canal do youtube deve ser um reflexo da vossa verdade, não importa se vão ter muitos seguidores ou parcerias, o que importa é que se sintam felizes e plenas em partilhar aquilo que gostam com outras pessoas, é aqui que a magia acontece.
Lembrem-se de ser diferentes porque neste mundo já há imensos cromos repetidos.
Resposta rápida

Família: Filhos
Uma comida: lasanha de requeijão, nozes e espinafres
Uma frase: “Vai aonde te leva o coração” Susanna Tamaro
Uma música: “Sinnerman” Nina Simone
Vida: vale cada segundo
Felicidade: praia

Blog: o meu

Foto de Às Bolinhas Amarelas.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Ohhhhh muito obrigada, vocês foram umas queridas! Muito obrigada pela atenção, pelo convite, foi um privilégio fazer esta entrevista convosco!

    Muitos beijinhos e continuem cheias de força

    ResponderEliminar
  2. Uiiii que excelente momento este no vosso blog! E que excelente escolha a vossa...adoro a Márcia...boa disposição não lhe falta e consegue em pequenas coisas distribuir sorrisos e gargalhadas por todos. Depois de a conhecermos torna-se num vício (saudável) que não querermos largar mais.
    Adorei a entrevista:) Parabéns:) Estarei cá a acompanhar ;)
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário...